História


Mais de Oito Décadas de História



1931-1940


No dia 18 de janeiro de 1933, tem início a história de sucesso do Grupo Nelson Heusi, quando o Sr. Nelson Seára Heusi foi nomeado despachante aduaneiro da Mesa de Rendas Alfandegadas de Itajahy*, Santa Catarina, pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas. Nesta época contava-se nos dedos de uma mão os despachantes aduaneiros em SC.

As operações se iniciaram com o crescimento do setor têxtil no estado, tendo a Karsten como seu primeiro cliente e, em seguida, a Artex, hoje Coteminas. Até hoje, Karsten e Coteminas mantém um estreito relacionamento com o Grupo Nelson Heusi.

Em 1938, iniciam-se as obras do porto de Itajaí com a construção do primeiro trecho de cais, em estrutura de concreto armado com 233 metros de comprimento, pátios pavimentados em paralelepípedos e o primeiro armazém.


* Grafia da época

Sr. Nelson Seára
Heusi
Nomeação de Despachante Aduaneiro

1941-1950


Nesta época, as maiores empresas importadoras que operam por SC já fazem parte da carteira de clientes de Nelson Seára Heusi.

Em 1947, Marcos Francisco Heusi, filho de Nelson S. Heusi, ingressa no ramo do comércio internacional, como despachante aduaneiro.

1951-1960


Em Itajaí, é feita a complementação do cais, com mais 570 metros, totalizando 803 metros. Os trabalhos são divididos em duas etapas e se prolongam até meados de 1956, ano em que também tem início a edificação do primeiro armazém frigorífico do Porto de Itajaí.

Nesse ano, Nelson Seara e Marcos Francisco já conquistam os primeiros clientes de cargas frigoríficas e trabalham na expansão das operações no estado de Santa Catarina.

1961-1970


Os anos JK foram bastante proveitosos para a indústria nacional com sucessivos aumentos da produtividade, mas não houve avanços do comércio exterior brasileiro. Café, açúcar, algodão e minérios ainda são responsáveis por 70% da pauta exportadora do país. Na segunda metade da década, a participação de produtos manufaturados nas exportações brasileiras passou de 7% em 1965 para 30% em 1974.

Com isso, o nome Nelson Heusi cresce ainda mais na região, fazendo grande parte da liberação aduaneira das mercadorias que movimentam o Porto de Itajaí, com grande ênfase na indústria têxtil do Estado de SC.

1971-1980


No início dos anos 70, passam a atender toda a importação da Eletrosul. "Para se ter uma ideia do volume dessas importações, por muitas vezes toda carga de um navio pertencia à Eletrosul", diz Marcos Francisco.

Nesta década, a economia brasileira cresceu de forma considerável. O milagre econômico, iniciado em 1967, chegou em seu auge, com taxas de crescimento anual acima de 11%. A participação dos produtos manufaturados na pauta exportadora brasileira aumenta em 47% de 1974 a 1979 e o Brasil conquistou novos mercados no Oriente Médio e na África.

1981-1990


Brasil e Argentina assinam a Ata de Buenos Aires, que fixa a data de 31 de dezembro de 1994 para início das atividades do Mercado Comum do Sul (Mercosul) e, no âmbito da Associação Latino-americana de Integração (Aladi), é firmado o Acordo de Complementação Econômica N.º 14, que consolida os protocolos de natureza comercial e propõe uma redução tarifária a partir de 1990.

Em 1988, os filhos de Marcos Francisco, Nelson José Heusi e Sérgio Luiz Heusi, embarcam na empresa com o objetivo de expandir as operações e, assim, é oficialmente aberta a Comissária de Despachos Nelson Seára Heusi, no dia 04 de abril.

1991-2000


Década decisiva para o comércio internacional no Brasil. O governo implementa a abertura comercial com redução de tarifas de importação e reformulação dos incentivos às exportações. Os fluxos comerciais se intensificam e é criado o Mercosul. Nesta década também foi instituída a Organização Mundial de Comércio (OMC), organismo multilateral responsável pela regulamentação do comércio.

Em 1991, a Comissária Nelson Heusi já começa a liberar os primeiros carros importados do país. O Brasil passa a incrementar operações com um número maior de países, especialmente da Ásia.

Em 2000, a Comissária Nelson Heusi está em plena expansão e já conta com aproximadamente 16 colaboradores. A empresa, até então situada no Edifício Genésio Miranda Lins, muda sua sede para o mais novo empreendimento comercial de Itajaí, o Edifício Torre Azul.

2001


A partir de 2000, o comércio exterior brasileiro cresce em um ritmo mais vigoroso. O crescimento econômico mundial, o aumento dos preços internacionais de produtos básicos, a diversificação dos mercados importadores e a maior produtividade da indústria nacional são fatores que favorecem o dinamismo das exportações brasileiras, que passa a registrar sucessivos recordes.

Em 2001, a Comissária Nelson Heusi já conta com 18 colaboradores.

2002-2005


Em 2002, a 4ª geração da família Heusi, Marcos Rodi Heusi, ingressa na Comissária Nelson Heusi e assume o departamento comercial.

Ainda em 2002, é aberta a primeira filial da Comissária Nelson Heusi, em São Francisco do Sul. Para atender a demanda de clientes, a Comissária Nelson Heusi passa a oferecer o serviço de logística internacional.

Em operação desde 2002, a Nelson Heusi Logística Internacional cresce e vira empresa independente em 2005. Com isso, a Comissária Nelson Heusi passa a fazer parte do Grupo Nelson Heusi, idealizado para oferecer uma rede integrada de serviços de comércio exterior.

2006


Em 2006, nasce a Nelson Heusi Outsourcing, empresa que visa profissionalizar as operações de comércio exterior dos clientes, fazendo com que estes possam focar todo seu esforço em seu core-business.

2007


Em 2007, a Comissária Nelson Heusi abre sua segunda filial estratégica, em Dionísio Cerqueira. Localizado estrategicamente no extremo oeste catarinense, na divisa com o Paraná e na fronteira com a Argentina, o município de Dionísio Cerqueira é o ponto mais próximo, por terra, entre Buenos Aires e São Paulo.



2008


Em 2008, são abertas mais 2 filiais, uma em Curitiba, capital e centro econômico do estado do Paraná, economia mais forte do sul e quinto maior PIB do país, e outra em Paranaguá, cidade que tem o porto com a maior exportação de grãos do Brasil.

Nesse mesmo ano também nasce a quarta empresa do grupo, a Nelson Heusi Armazéns Gerais, em Dionísio Cerqueira, juntamente com a filial da Comissária Nelson Heusi.

Curitiba/PR Porto de Paranaguá

2009


O Grupo Nelson Heusi investe mais de R$ 200 mil em Tecnologia da Informação e Comunicações. O investimento se dá principalmente na melhoria e no aumento de estrutura. A virtualização aumenta a capacidade de processamento em mais de quatro vezes.

2010


Neste ano, a Nelson Heusi Logística Internacional conquista o Certificado de Membro IGLN (Inter-global Logistic Network) da WCA Family of Logistic Network, rede mundial de agentes de cargas que congrega as melhores empresas do mercado.

Seguindo os planos de investimentos em TI, é implantada uma nova ferramenta colaborativa, permitindo a completa integração entre matriz e filiais, gerando um exepcional ganho de produtividade.

2011


Em fevereiro de 2011 é aberta a filial de Recife, acompanhando o crescimento da região nordeste, em especial do Porto de Suape.

Em março é finalizada a expansão do armazém em Dionísio Cerqueira, passando este a operar com aproximadamente 4 mil metros quadrados de área coberta.

Porto de Suape Armazém Dionísio Cerqueira

2012


Seguindo seu plano de expansão, o Grupo Nelson Heusi inaugurou mais duas filiais estratégicas, em abril, no Rio de Janeiro, estado que possui o segundo maior PIB do Brasil e em novembro, em Uruguaiana/RS, cidade localizada junto à fronteira fluvial com a Argentina e Uruguai, a cidade é a principal fronteira do Brasil para operações do Mercosul.

Neste mesmo ano também nasceu a quinta empresa do grupo, a Nelson Heusi Cargo, que iniciou suas operações em Junho de 2012 com sua própria frota de caminhões rastreados, atendendo e suprindo todas as necessidades dos clientes de importação e exportação.

Em Dezembro de 2012 foi atingida a marca de 190 colaboradores diretos, o que representa um acréscimo de 30% em relação ao mesmo mês no ano de 2011.

Porto do Rio de Janeiro Caminhão Nelson Heusi

2013


O Grupo Nelson Heusi fez um grande investimento na frota NH Cargo em 2013, concluiu o ano com quatro vezes mais caminhões do que o ano anterior. Todo esse investimento possibilita aos clientes do Grupo uma operação integrada e dinâmica. Os investimentos também se concentraram no corpo de funcionários. Fechamos o ano com a marcar de 210 colaboradores.

Frota NH Cargo Frota NH Cargo

2014


O plano de expansão nacional é algo muito importante para o Grupo.
Através da unidade própria conseguimos garantir o mesmo nível e qualidade no atendimento de nossos clientes.

Com este conceito em mente inauguramos em 2014 nosso escritório no estado do Ceará. O escritório fica localizado no Porto de Pecém, considero o segundo principal porto do mercado do nordeste Brasileiro.

A estrutura do Ceará também conta com equipe Fulltime em Fortaleza para o atendimento das operações do Mucuripe e também do aeroporto.

A área de tecnologia da informação da empresa recebeu um investimento de mais de 1 milhão de reais. Foi adquirido novos servidores, computadores e também refeita toda a estrutura de cabeamento da empresa.

To das as ações focadas em aprimorar o desempenho corporativo e melhorar nosso atendimento as demandas dos clientes.

Porto PECEM

2015


A empresa incia seu projeto de modernização de layout de seus escritórios.
O projeto interliga 4 andares do prédio da central de operações do Grupo.

O novo conceito de clean-layout da estrutura física é preparado para atender atender requisitos do 5s e também ISO9001. Também visa aprimorar o bem estar dos colaboradores do Grupo Nelson Heusi.

2016


Apesar do cenário econômico difícil o Grupo Nelson Heusi segue investimento em sua evolução.

Foi adquirido um novo sistemo operacional para a Comissária Nelson Heusi, onde visualizamos a oportunidade de otimização operacional assim como maior dinâmica no fluxo de informações com os clientes.

Também na área de TI foi fechado contrato com a SAP do Brasil.
Através do Business One o modelo de gestão do Grupo Nelson Heusi é aprimorado.

Neste mesmo ano abrimos uma nova unidade no estado do Espirito Santo. O escritório fica localizado na cidade de Vitória.

2017


Iniciamos o ano com abertura de novas estruturas em São Paulo.

Foram abertas 3 operações simultâneas, Santos, Guarulhos e Campinas. Este movimento possibilitou a equalização de qualidade e agilidade nas operações do Grupo Nelson Heusi no estado de São Paulo.

Na Nelson Heusi Logistica Internacional o foco em desenvolvimento de projetos especiais e operações dedicadas, possibilitou um crescimento de mais de 100%/mês no primeiro trimestre do ano. A projeção para o fechamento do ano é que o crescimento continue elevado, mesmo com a conjuntura econômica de 2017.
Nossas operações no mercado do frete rodoviário foram muito bem ajustadas com os clientes. Por meio de um modelo diferenciado de atendimento e gestão operacional a NH Cargo encontrou sua formula de sucesso, isso possibilitou aos clientes da NH Cargo sair do mercado de cotações Spot, evitando a enorme volatilidade nos valores e instabilidade na qualidade operacional.

O departamento de TI do Grupo Nelson Heusi continua com o desenvolvimento de projetos especiais que visam otimizar fluxos e facilitar o dia-a-dia de nossos clientes.

INFORMATIVO ON BOARD

O OnBoard é uma publicação trimestral disponibilizada pelo Grupo Nelson Heusi a todos os seus clientes, colaboradores e parceiros. Aqui você encontrará a mais recente publicação do informativo OnBoard e todas as anteriores.

» Boa leitura